MATÉRIAS

▉ O PONTO DE ENCONTRO DOS CINEMATOGRAFISTAS DO BRASIL ▉

Loading...

domingo, 22 de maio de 2011

TÉCNICAS DE ENTREVISTA EM CASAMENTO



Gravar entrevistas em um casamento é uma verdadeira arte. Se você sair com a câmera na mão pedindo para os convidados dizerem algumas palavras para o casal, certamente a maioria delas vai arranjar uma desculpa e não deixar um depoimento. Sem falar que muitos casais acham que entrevistas em casamento são bregas e tem um aversão de imediato. É o tipo de quadro que se ama ou odeia. Mas se você souber como fazer, este pode ser um dos seus melhores capítulos dentro do DVD onde o casal vai querer ver muitas vezes repetidamente.

Tudo o que é dado dentro de uma venda não tem valor. Então sugiro que você inclua este item no seu pacote e cobre por isso. Mas para cobrar você deve ter um belo mostruário. Só palavras na área de vídeo não vende. Uma sugestão é, caso você não tenha este produto para mostrar, escolha um determinado casal e presenteie-os com um quadro de depoimentos. Depois use-o com o mostruário para os próximos clientes. Cobrando, é claro.

Primeiramente, é importante saber que entrevistas para depoimentos tem seu momento certo. Se for cedo demais prepare-se para uma coleção de "nãos". Na primeira vez que fiz há alguns anos, sem experiência alguma, simplesmente ao sacar o microfone diante dos convidados, literalmente começamos a mandar os convidados embora. Estavam apavorados de ter que falar diante da câmera. O tempo  e a experiência me ensinaram a coisa certa.
Então vamos a receita do bolo de fubá para realizar um grande trabalho.

O MOMENTO CERTO
Começe a fazer este quadro do meio para o final da festa, onde os convidados já estão envolvidos no ambiente e, em muitos casos, o álcool já está fazendo efeito. Também pode ser feito logo após a noiva ter jogado o buquê. O clima de euforia contagia o local e o momento fica propício para tal.

O REPÓRTER
Como já disse, faço isso há muitos anos. Um concorrente daqui resolveu "inovar" contratando um repórter de TV e, tempos depois, passou a colocar a própria namorada dele para fazer as entrevistas. Pessoas estranhas, por mais que sejam famosas, se não forem os convidados da festa, não vai ficar legal. Aquele "repórter" sempre será um estranho no vídeo e a rejeição será maior. Quando eu recebia um casal para ver meu trabalho e que já tinha passado antes na produtora dele, ao mencionar o quadro de depoimentos,  percebia uma cara de pavor do cliente, do tipo “não me mostre essa coisa horrível”.
Então a dica é deixar o casal escolher o "repórter da noite" para fazer as entrevistas. Pode ser um amigo, irmão, ou o próprio casal. Peça para escolher o perfil mais extrovertido, alegre, cara de pau possível. O repórter tímido não "rola". Essa pessoa será bem vinda pois já tem o "cheiro" da festa impregnado na pele.

ABORDAGEM
Sugiro ao repórter eleito pelo casal que jamais pergunte: "Posso te fazer uma pergunta?" ou usar a palavra "entrevista". A abordagem deve ser instantânea, igual bote de cobra, sorrindo, no clima da festa. Os primeiros a serem entrevistados devem ser o noivo e a noiva, separadamente.  É como um efeito de uma gota que cai no meio da água. O casal é o centro, os arredores observam a gravação, aí seu repórter, no efeito de onda, sai pegando mais depoimentos pela periferia, e assim, num efeito dominó, vai arrebanhando mais mensagens para seu vídeo ficar 10. Mais a frente explico o por quê de gravar o casal separadamente.
Tudo isso é combinado rapidamente com o repórter escolhido num cantinho do ambiente. Só funciona assim. Como normalmente essa pessoa escolhida não tem experiência, não adianta antecipar demais as informações. Logo serão esquecidas.

O posicionamento do cinegrafista é fundamental para deixar o entrevistado a vontade.
POSICIONAMENTO DA CÂMERA
Eu uso um microfone sem fio (Sennheiser G2), assim tenho liberdade de movimentos. Com fio até que dá, mas ele acaba atrapalhando pois estamos no meio de uma festa, gente passando, copo na mão...e o cabo pode virar uma armadilha no meio do salão.
Combine com o repórter para ficar sempre na frente da câmera na hora da abordagem. Fique uns dois metros distante dele . O convidado verá apenas outro convidado e um microfone. A câmera assusta e inibe. Então essa distância camufla o equipamento. Sugiro também desativar o tally (LED de REC). A intenção é deixar o convidado conversar naturalmente,  sem perceber que está sendo gravado. De outra forma poderá soar falso e forçado.

Fique atento ao perceber que o repórter irá falar no microfone e dispare o REC antes para não perder o início da fala.  Dê um passo a direita para que seu entrevistado surja na sua lente. E, aos poucos, vá se aproximando dele, já na gravação. Não há necessidade do depoimento ser falado para a câmera.

PERGUNTAS
Já saia da produtora com uma lista básica de perguntas. Elas ajudam bastante na hora de executar o trabalho. No caso dos noivos, resgatando o assunto da abordagem, peço que entreviste ambos individualmente, fazendo as mesmas perguntas - como se conheceram, quem tomou a decisão de casar - o que você acha dele(a) - quais os planos para o futuro, e depois, na hora da edição, monto os dois pontos de vista diferentes para a mesma pergunta. O resultado muitas vezes é super engraçado.

No caso dos convidados, a minha lista é essa, que sugiro que seja respondida em rodízio pelos convidados entrevistados:
  • Deixe uma mensagem para o casal.
  • O que você pode dizer sobre o noivo e a noiva?
  • Qual sua reação quando soube que eles iriam se casar?
  • O que você acha que o noivo deve fazer para manter a noiva feliz?
  • Você tem um recado especial para o(a) noivo(a)?  (Quando se tratar de algum(a) amigo(a) especial).

Você também pode usar táticas diferentes. Aqueles convidados mais eufóricos, jovens e agitados, quebre a rotina perguntando "Qual é a mulher mais bonita da festa?" ou "Quem você acha que será o próximo a casar?". Esse desvio do assunto quebrará a sequencia na hora da edição e dará uma pitada de humor ao quadro. Se perceber que seu repórter é "all concur", deixe ele fic ar no comando e se preocupe apenas em gravar. Tem gente que se supera nestes papéis improvisados e nossa intervenção acaba atrapalhando.

CRÉDITOS
Este trabalho não é um quadro de jornalismo e sim uma brincadeira. Você até pode pedir para o repórter perguntar o nome da pessoa para inserir um crédito depois na imagem, mas não será uma regra. Se preferir colocar uma menção, pergunte depois de ter gravado a entrevista. Afinal gravar um depoimento, por mais simples que seja para o entrevistado, é como tomar uma injeção - melhor ser surprendido com a agulha entrando do que avisar que vai espetar!

EDITANDO
Na hora de selecionar as cenas para a edição, evite colocar os depoimentos na íntegra. Por mais bonito ou engraçado que seja, acaba ficando cansativo e chato, invertendo a sua intenção que é de fazer um capítulo atrativo. Corte as respostas de modo que fiquem curtas e objetivas. Tem gente que fala demais e se torna repetitivo. Outra dica é enxugar a pergunta do repórter. Você pode deixar a voz dele perguntando algo e depois só colocando várias respostas. E muitas vezes nem colocar a pergunta. A própria fala do entrevistado já pemite entender o que lhe foi perguntado.

Se o clima da festa foi de seriedade e formalidade, nada de forçar humor na edição. Mas caso rolou muita brincadeira, você pode acrescentar recursos para transformar este quadro mais engraçado, incluindo efeitos sonoros, claques (risadas) e recursos de edição. Sempre com bom gosto e sem desrespeitar ninguém . Não esqueça que do ridículo ao bom senso existe uma linha divisória tênue e muito próxima. Se vacilar você estraga tudo.

Por fim, coloque um capítulo à parte no DVD e um botão separado no menú. Seu cliente saberá que foi um quadro à parte do casamento (isso deve ficar claro) e dá um "ar" de bônus no trabalho, e não mais um momento no meio de tantos.

Veja uma gravação que fizemos e que nossa "repórter" deu um show a parte no quadro.

● Quem está aqui agora

● Estamos chegando a 2 milhões de acessos!

Twitter Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Download from Blog Template