MATÉRIAS

▉ O PONTO DE ENCONTRO DOS CINEMATOGRAFISTAS DO BRASIL ▉

Loading...

segunda-feira, 30 de maio de 2011

LIÇÕES DE JUSTIN BIEBER




Calma, não fiquei doido. Leia essa postagem e veja as lições extraídas de um filme que, para mim, era mais um “cata-troco” do cinema. Putz, quebrei a cara!

Quando o documentário de Justin Bieber em 3D apareceu no cinema de minha cidade, minha filha ficou me enchendo o saco para assistir ao filme com ela. Quando vi o trailer na internet, comentei : “Filha, você deve estar querendo queimar é o meu filme. Eu, assistir um documentário sobre esse menino? E em 3D? É apelação demais”.  Pra mim era mais um golpe de marketing para encher os bolsos do garoto, seus pais e produtores de dinheiro. Mas pai é pai, e lá fui eu com minha filha assistir ao tal documentário.

Devo admitir, aprendi mais uma. Jamais diga não! Melhor é dizer talvez!

Logo nos primeiros 10 minutos de filme, percebi que não se tratava apenas de uma bajulação a um super-astro pop juvenil, mas um documentário provocador para todos nós perseguirmos nossos sonhos, mesmo contra todas as possibilidades e probabilidades de não dar certo. O documentário foi simplesmente sensacional. Primeiro pela direção do consagrado  Jon M. Chu, depois pela tecnologia de gravação, com equipamento e posicionamentos de câmera inacreditáveis (o 3D é demais) e pelo conteúdo, inspirador. 
O filme nos mostra o nascimento de Bieber para o mundo via YouTube, a força das redes sociais e um show gravado no Madison Square Garden. A cada segundo do filme eu aprendia uma lição. Descobri que uma rede social virtual tem uma força ilimitada para construir alguém que acredita em seu trabalho, tem talento e fé. Antes de ser descoberto por seu agente, ele já tinha mais de 100 mil fãs inscritos em seu canal. Scooter Braun viu seu potencial. Numa simples audiçao de Justin Bieber para os cabeças do mercado, começou seu caminho para o topo.

Lição Nº 1: Bom atendimento
Aprendi que temos que mostrar nosso trabalho para o mundo se queremos que algo aconteça em nossas vidas.  As redes sociais por si só não são receitas de sucesso. É apenas um começo. Temos que suar muito a camisa até chegar lá. E assim foi com Bieber. Bateu a porta de rádio em rádio, cantou para públicos de até 40 pessoas até ser o que é hoje. Você pode ter o melhor trabalho do mundo, mostrar para todos, mas se seu cliente não vir até você, você tem que ir até ele. É neste ponto que a história de Bieber se conecta conosco. O garoto faz questão de retribuir o carinho dos fãs. Não só ele mas toda sua equipe. Estes fãs são seus melhores clientes. Ele os atende com excelência.

Lição Nº 2: Descanço
O garoto estourou, um show atrás do outro. Até que uma infecção em suas cordas vocais quase o colocou a nocaute. Houve cancelamento de show e teve que fazer um descanço forçado.  Eu e você precisamos fazer o mesmo. Encontrar um  tempo para descançar , afinal não somos máquinas, e se pararmos, nosso trabalho pára.

Lição Nº 3: Colaboração
Justin Bieber, já no topo, ajudou outros tantos artistas a alavancarem suas carreiras, permitindo que eles brilhassem junto aos seus holofotes. Arte é partilha e nós que trabalhamos com produção de vídeo, somos artistas. Logo colaborar, ensinar, trocar experiências  faz parte de nossa arte. Não tenha medo de compartilhar o seu aprendizado com seus colegas. Há algo dentro de nós que é intocável e que ninguém consegue nos tirar. No grego se chama “Parnasah”. Mas pode chamar de dom. Esse quem dá é Deus e nem seus concorrentes te tiram.

Lição Nº 4:  Confiança
Quando o produtor de Bieber saiu para oferecer a música do garoto as gravadoras, ele colecionou um monte de “nãos” pois eles não tinham visto o sucesso do garoto no Youtube. Quando o grande momento chegou, outro fera do show business disse que Bieber seria o próximo grande nome da musica mundial em um ano. Ele errou. Foram apenas 3 dias. Se você tem talento, fé e paixão, prepare-se. Sua oportunidade vai chegar como estouro de boiada. Fique sempre preparado.

Conclusão
Se você for assistir a Never Say Never,  faça isso com a mente totalmente aberta. O documentário, pela minha percepção, teve a intenção de mostrar apenas a formação de um ídolo. Mas se você tiver sensibilidade e ler pelas entre-linhas vai descobrir uma grande história. Uma grande aula de mercado, uma história humana por trás da sensação, uma palestra de negócios.  Uma relação familiar forte, um talento nato e autodidata. Uma garantia de sucesso que ele mesmo, sozinho, sabia que era. E provou a todos. Uma inspiração a todos nós de confiança e certeza do sucesso.
Dou a mão a palmatória!
...

● Quem está aqui agora

● Estamos chegando a 2 milhões de acessos!

Twitter Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Download from Blog Template