MATÉRIAS

▉ O PONTO DE ENCONTRO DOS CINEMATOGRAFISTAS DO BRASIL ▉

Loading...

sábado, 24 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL - FELIZ 2012



Aos meus queridos leitores do Blog
Todos os dias deste ano que se encerra nos encontramos por aqui.
Trocando ideias, aprendendo, ensinando.
A cada minuto, caminhamos em direção ao nosso sucesso.
Neste período passamos a entender melhor que ontem, o nosso negócio.


Se olhar para trás, verá que deixou muita coisa transformada nesta nossa caminhada.
Estas marcas são, na verdade, uma conquista só sua, uma após a outra, que juntas, mostram que eu e você podemos ser melhores que ontem, como pessoas e profissionais.


Para superar os obstáculos da vida, coloque em sua mente uma meta, um objetivo, e siga em frente. Não tenha medo do futuro. Ele nos espera de braços abertos e é destinado a pessoas que acreditam que vencer nesta vida é muito mais que um sonho.

É a mais pura verdade!


Obrigado por ter confiado em mim. Eu sempre confiarei em você.


Feliz natal e um 2012 extraordinário para todos nós.
É o desejo do blog do Keko Sinclair pra você e toda sua família.
Que Deus nos abençoe!
...

sábado, 17 de dezembro de 2011

NÃO DEIXE A OPORTUNIDADE PASSAR



Tive a honra de acompanhar um grande evento corporativo numa região de montanha, onde fiquei confortavelmente hospedado em uma suíte de frente para um dos visuais mais lindos do Espírito Santo: Pedra Azul.

Montei um mini estúdio naquele quarto. Numa varanda aconchegante, coloquei a câmera para gravar horas ininterruptas o passar de nuvens por aquela formação rochosa. Enquanto admirava aquele monumento natural, fiquei pensando num tema motivacional para meu blog. E deveria ser de alguma experiência pessoal, única, pois assim poderia passar com mais fidelidade a minha mensagem. Até que, finalmente, toda aquela paisagem me inspirou neste tema, que vou contar agora.

Você já recusou alguma oportunidade que surgiu em sua vida? Sentiu que o coração palpitou como se uma voz interior dissesse "vai!", e você não foi? É fácil dizer que isso não se aplica a você. Mas este chapéu cabe em nossas cabeças. Acontecem todos os dias.
Todo cinegrafista sonha em ter aquela imagem que pode mudar sua vida. Quer seja profissional, pessoal ou mesmo como referência de um fato. E estas oportunidades surgem como um flash de fotografia. Em segundos vem, e desaparecem.
A minha oportunidade veio, única, extraordinária, excepcional, de caráter mundial, e foi-se pelo ralo porque eu a deixei passar. Não foi tão rápida quanto um flash disparado. E neste caso foi pior ainda. Tive tempo maior de decidir, mas não acreditei em minha intuição. Meu relato já tem 14 anos, mas pulsa em minha mente como se fosse ontem.

Num de meus trabalhos internacionais, havia descido do ônibus e me dirigia para o hotel, a algumas quadras do ponto. Estava vindo da Disneylândia Paris com a câmera debaixo do braço, pois minha intenção era gravar o parque. Não sabia que não era permitido e, após um dia inteiro de diversão na casa do Mickey, voltava frustrado sem imagem alguma.
Passando próximo a ponte conhecida como L'alma, escutei um estouro imenso, que ecoou por toda aquela área. Foi um som de freada de carro e logo a seguir estilhaços de vidro. Em um ímpeto de jornalista, saquei a câmera no ombro e parti para o local do acidente. Mas hesitei logo em seguida, afinal de que valeria uma imagem de um acidente de carro em Paris? E aquele incomodo persistiu como se minha intuição sussurrasse ao meu ouvido, dizendo: "vai, vai, vai". E eu não fui.

Naquele momento, naquele local, morriam a princesa Lady Di e seu namorado Dodi Al Fayed, além do motorista do casal. Uma cena que pude, em seguida, ver a distância, em primeira mão, já cercado pela polícia francesa. E sem a possibilidade de fazer qualquer tipo de imagem. É importante destacar que não houve nenhum registro de imagem em vídeo daquele acidente. Apenas meia dúzia de fotos de alguns paparazzi que conseguiram fazer a distância, e mais outras tantas dos próprios policiais para produção de perícia. Estas estão disponíveis em vários sites na web. Nada mais. Eu seria o único cinegrafista com tal exclusividade.

A oportunidade veio, e deixei-a passar.
Agora se coloque em meu lugar. Você tem deixado oportunidades passarem por suas vidas sem agarrá-las ou aproveitá-las? Quantas já vieram e se foram? Quais delas mudariam o rumo de sua vida? Reescreveriam a sua história? Você acredita em sua intuição ou acha que isso é besteira?

Oportunidades são feitas para serem aproveitadas. Muitas são únicas, de encomenda para você. Mas vêm acompanhadas de dúvidas, dificuldades, névoas de desprezo, descrenças, medo. Eu a perdi e talvez não prove mais de um sabor destes. Outras vieram mais humildes e econômicas e não as desperdicei. Mas nada como a que joguei fora.

Quando chegar a sua vez, e espero que chegue, lembre-se de mim. Não como um azarado, um perdedor ou desperdiçador, mas como alguém que aprendeu, a duras penas, a ouvir a voz do coração. Oportunidades estão aí para serem tomadas e aproveitadas até a última gota. Nunca se esqueça que a vida por aqui é uma só, isso não é preview  nem making of. Pessoas que seguem a multidão somem bem no meio dela.

Não confunda oportunidade com oportunismo. Uma é prima da outra. Mas muito diferentes.
Fique atento. Quando a oportunidade vier, não a deixe passar!





Este foi o cenário que me inspirou a escrever esta matéria. Esta e muitas outras que estarão aqui no blog em breve!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

CARTÕES SDHC BARATOS, CAROS E FALSOS







Dois malucos, donos de loja de equipamentos fotográficos, resolveram colocar à prova três consagradas marcas de cartões SDHC. Colocaram o trio na berlinda, com testes de frio, pancada, esmagamento, água quente e até cozimento em forno de microondas.
Não pense que isso não pode acontecer. Conheço videomakers que já colocaram a calça pra lavar com um cartão contendo um casamento inteiro. Será que o casamento já estava meio "sujinho" ou era hora de "lavar roupa suja"?
Outro fato foi que um dos meus cinegrafistas morre de medo de tudo que é bicho que voa.
Exatamente na hora da troca do cartão, um besourinho se transformou em um monstro diante dele, fazendo dar um tapa no ar e arremessar nosso cartão no meio da pista de dança. E na hora do "funk adultério", com as mocinhas rodando o pé, embinando o bum bum...


Em ambos os casos, na lavagem da calça e no pisoteamento e sapatadas, os cartões sobreviveram. Mas será que o que você usa atualmente resistiria a um destes ataques?


O teste de tortura de cartões SDHC foi comandado por Jonathan Stankiewicz e Jordan Drake. As marcas violentadas foram a SANDISK EXTREME PRO, HOODMAN RAW STEEL e PANASONIC UHC. Todos classe 10 e de 16Gb.


Agora a pergunta que não quer calar. Quem será que sobreviveu?





Neste outro vídeo o autor espanhol nos mostra dois cartões Sandisk. Um original e outro falso e suas diferenças físicas. A marca Sandisk é um dos mais falsificados do mercado. Então desconfie de preços baixos demais.
Não há nada pior do que gravar um evento inteiro e depois não conseguir retirar os arquivos de dentro de um cartão.


sábado, 3 de dezembro de 2011

NOVA CANON EOS C300 – AGORA É CINEMA DE VERDADE


Quando a gigante Nikon começou a se mexer para lançar um produto que retomasse o mercado DSLR, a Canon chega com a bomba atômica de 2012.
Saiu esta nota de imprensa da Canon Inc.
Canon Inc. e Canon EUA, Inc. levantou a cortina para apresentar sua mais nova câmera de cinema digital com lentes intercambiáveis. Tudo novo, que combina desempenho de imagem excepcional com excelente mobilidade e capacidade de expansão para atender às necessidades de produções exigentes da indústria cinematográfica. A câmera, que apresenta um super sensor CMOS recentemente desenvolvido de 35 mm, equivale aproximadamente 8,29 megapixels, estará disponível em dois modelos: a EOS C300 Digital Cinema Camera, equipada com uma lente EF mount para compatibilidade com a atual linha da Canon com lentes intercambiáveis EF para EOS single-lens reflex (SLR) e a nova EF Lens Cinema, e o EOS C300 PL Digital Cinema Camera, com uma lente PL de montagem para uso com lentes padrão da indústria PL.

Lentes: As grandes estrelas do cinema
A introdução da C300 EOS PL coincide com o lançamento do Sistema EOS Cinema, marcando a entrada da Canon para a indústria de produção digital de alta resolução. Um espaço até agora dominado pelas câmeras RED ONE de alto desempenho. O sistema de fotografia digital profissional abrange novas lentes, cinema digital e câmera digital SLR com diversas categorias de produtos.
Equipada com uma lente EF mount, a C300 EOS é equipada por um elenco de estrelas de lentes de alta performance EF, não só a ampla gama de lentes intercambiáveis ​​para câmeras EOS EF SLR que ganharam a confiança e respeito dos fotógrafos ao redor do mundo, mas também as lentes EF cinema no recém-anunciado Sistema EOS Cinema. Quando equipado com uma lente Canon EF, a correção da C300 de iluminação periférica corrige automaticamente a vinheta de acordo com características óticas de cada lente, e permite o controle da íris da câmera. As lentes Canon EF também permitem a gravação de metadados nos arquivos gerados, como o nome da lente utilizada, ajuste de abertura e velocidade do obturador.

Desempenho de Altíssima Resolução em Full-HD
A Canon EOS C300 PL com a recém-desenvolvida Super 35 milímetros com sensor CMOS incorpora cerca de 8,29 milhões de pixels efetivos e tem um tamanho de pixel que é maior do que as filmadoras profissionais convencionais, permitindo uma maior captação de luz, capacidades para maior sensibilidade e ruído reduzido. O sensor lê os sinais Full HD (1920 x 1080 pixels) de vídeo para cada uma das três cores primárias RGB, diminuindo a incidência de moiré durante a realização de alta resolução com 1000 linhas de TV horizontal.


Apoiado por um sinal de elevada velocidade de leitura, o sensor CMOS reduz skews do obturador de rolamento, um fenômeno predominante que acontece com sensores CMOS, em que objetos em movimento rápido podem parecer distorcidos na diagonal. Além disso, a poderosa combinação da Canon DIGIC DV com sensor de alta performance III e processador de imagem de alta precisão facilita o processamento de gama e gradação suave de expressão.
Além do MPEG-2 Full HD (MPEG2 422 @ HL compliant) de compressão, a EOS C300 PL emprega amostragem de cor 4:2:2 para o desempenho de alta resolução que minimiza o aparecimento de "jaggies" nas bordas de croma. Além disso, com uma taxa máxima de gravação de 50 Mbps, a câmera suporta a gravação de vídeo de alta qualidade.
Os formato de arquivo de gravação de áudio e vídeo adotam o padrão da indústria MXF (Material exchange Format), um formato de arquivo open source ideal para sistemas de edição não-linear. Gravando em cartões CF, a EOS C300PL incorpora alto custo de desempenho, além de incorporar dois slots para cartão CF, torna possível a gravação simultânea de dados de vídeo contínuo.

Pronto para a ação
Com um design de corpo compacto, a Canon EOS C300 PL proporciona excepcional operacionalidade, permitindo fotografar a partir de diversos pontos de vista que eram inacessíveis a todas as câmeras de cinema de grande porte, tais como perto do solo para alto impacto  de baixo ângulo, e ao lado de paredes. De acordo com as necessidades do local das filmagens, a câmera pode ser equipada com suportes de ombro, monitor de campo, além de oferecer uma variedade de terminais padrão industrial, incluindo saídas de vídeo HD / SD-SDI para a gravação externa de conteúdo de vídeo de alta. Quando se utiliza um transmissor WFT-E6B sem fio para digitais EOS SLR (vendidos separadamente), a EOS C300 PL pode ser controlada remotamente por meio de dispositivos comuns, tais como smartphones, Iphone ou computadores tablet.
A câmera é equipada com quatro botões de disparo posicionados em vários locais para satisfazer qualquer estilo de cinegrafista, e pode ser equipada com uma variedade de acessórios de outras indústrias, incluindo matebox, follow focus, monitores e gravadores de áudio. A unidade também realiza integração com sistemas de edição e oferece, em seu corpo estremamente robusto, resistência a poeira, gotas de chuva e sistema de refrigeração de aquecimento.
A nova câmera permite aos usuários ajustar a qualidade da imagem para coincidir com a de camcorders profissionais e outras câmeras digitais SLR, fazendo um par perfeito com as mais variadas marcas do mercado. Tem ainda o “Canon Gamma Log”, que permite uma qualidade de imagem plana, com contrastes e nitidez subjugadas pela liberdade máxima na pós-produção e edição de processamento. Além de taxas de quadro de 59.41i, 50i, 29.97P, 25P e 23.98P, a EOS C300 PL possui um modo de 24p, igualando a taxa de 24 quadros por segundo de câmeras de cinema para alta compatibilidade de produção de filmes-workflows.


Outras características incluem motion-speed (gravação rápida), possível através da captura de menos quadros por segundo para criar ação até 60x a velocidade normal. Em câmera lenta (slow-motion) até 1/2.5x tornou possível através da captura de mais frames por segundo. Taxas de quadros entre 1 e 60 frames por segundo (fps) podem ser ajustados em incrementos de 1 fps. Além disso, uma seleção de imagens personalizada permite aos usuários ajustar livremente qualidades de imagem para um maior controle sobre como o conteúdo ira aparecer.

Preços e disponibilidade
A Canon EOS C300 (EF) Cinema Digital estará disponível no final de janeiro de 2012 por um preço estimado em 35 mil reais. Para mais informações e para ver imagens de demonstração on-line dos novos produtos, visite: www.canoncinemaeos.com

Canon EOS C300 = Awesome from Jonathan Yi on Vimeo.

● Quem está aqui agora

● Estamos chegando a 2 milhões de acessos!

Twitter Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Download from Blog Template