MATÉRIAS

▉ O PONTO DE ENCONTRO DOS CINEMATOGRAFISTAS DO BRASIL ▉

Loading...

sexta-feira, 30 de abril de 2010

DICAS PARA VÍDEOS CASEIROS


Quero escrever de um assunto que parece simples, mas que muita gente não sabe fazer direito. O tal do vídeo caseiro. É aquele tio que compra uma filmadora e sai pra filmar a viagem de férias, a família, o neto, e depois quer mostrar pra todo mundo. Normalmente o resultado é um filme que não acaba nunca, zoom aos montes e uma gravação sem pé nem cabeça. Espero que seja de grande ajuda.

Dicas Essenciais para Vídeos caseiros (Home videos)

Que tal impressionar seus amigos e familiares fazendo com que eles assistam do início ao fim ao registro de suas últimas férias? Vamos explorar a capacidade de sua câmera com uma sdicas simples e eficientes.

Sua gravação "balança mas não cai?"
Como os nossos olhos se movem muito rápido e como numa grande angular, eles cobrem uma área enorme em poucos segundos, o videomaker amador tende a movimentar a sua filmadora da mesma forma. Aí surge aquela filmagem desagradável que deixa a gente até tonto. O resultado parece uma gravação feita durante um terremoto.

Dica do Keko
Movimente sua filmadora de uma forma suave e linear, com muita calma enquanto você mantém seu corpo firme. Normalmente indico juntar os pés próximos um do outro, travar os cotovelos na cintura e fazer um movimento de panorâmica mexendo apenas a cintura. Se for caminhar, imagine que você tem um livro na cabeça e que não pode deixá-lo cair. Mantenha os passos bem baixos, assim a filmadora não vai gravar o balanço da caminhada.
A alça da filmadora foi feita para ser usada. Encaixe firmemente na mão. Normalmente essas cameras pequenas não sobrevivem a um tombo direto no chão.

Sua gravação tem muito "zooooom?"
Quem não tem intimidade com filmadoras mas se acha um Spielberg, quando aperta o REC, se transforma numa mistura de paparazzi com agente 007. Com zoom de 100x, é um tal de abrir e fechar a cena que o resultado final costuma provocar enjôos. Usar zoom é igual beber bebida alcoólica. Beba, mas com moderação.

Dica do Keko
O zoom deve ser usado apenas para enfatizar e destacar momentos importantes, detalhes, caso contrário se torna muito chato e algumas vezes irritante. Procure ajustar o zoom e se movimente ao mesmo tempo. Evite o zoom digital pois o mesmo, por ser muito alto, costuma granular a imagem e deixa a mesma com uma qualidade muito ruim. O zoom digital deve ser usado com a filmadora em tripé e em assuntos distantes que requerem, mais do que qualidade, um registro da imagem (flagrantes, etc).

Quando eu uso iluminação artificial?
Com uma filmadora que custa acima de uns 1000 reais, o novo proprietário pensa que ela irá fazer milagres e que vai "enxergar" qualquer buraco escuro. Apesar das filmadoras serem cada vez mais cheias de recursos, gravar com pouca luz significará uma imagem de baixa qualidade e de péssima definição. O mesmo vale para locais com excesso de luz.

Dica do Keko
Quando você for filmar dentro de casa ou em ambientes fechados, lembre-se sempre de acender as luzes e posicionar pessoas e objetos próximos a estas fontes de luz. Evite filmar contra a luz, contra o sol ou até mesmo com uma janela de fundo. Dessa maneira se verá apenas a silhueta das pessoas. Evite também colocá-las de frente para o sol ou com uma fonte forte de luz. Elas nem vão conseguir abrir os olhos direito. Uma dica é colocar seu objetivo a um ângulo de 45 graus em relação a fonte de luz para se ter um efeito mais suave e agradável.

A diferença da dose certa e do excesso
Gravar seu cunhado tomando banho pelado num rio no meio do mato é imperdível! O trajeto até você alcançá-lo, correndo com a filmadora ligada e sua respiração ofegante pode ser dispensada. O vídeo engraçado pode ter cenas hilárias, mas é fundamental uma dose de lógica, bom senso e bom gosto. Apesar do cunhado pagar o maior mico.

Dica do Keko
Procure o melhor ângulo para a cena antes mesmo de ligar a filmadora e evitar gravações desnecessárias. Saiba quando deve pausar para não virar aquele chato que fica gravando tudo sem parar. E se puder, edite seu filme. Corte os excessos, coloque uma trilha maneira e seja objetivo, sem delongas.

Super-dica do keko
O fundamental é sempre você ter em mente que qualquer gravação, por mais simples que seja, deve ter começo, meio e fim. Mesmo na história do cunhado no rio.

Sucesso em sua próxima gravação caseira!

Mesmo nas gravações mais tolas e descartáveis, princípios e técnicas básicas darão um "ar profissional" a brincadeira de filmar


...

● Quem está aqui agora

● Estamos chegando a 2 milhões de acessos!

Twitter Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Download from Blog Template