MATÉRIAS

▉ O PONTO DE ENCONTRO DOS CINEMATOGRAFISTAS DO BRASIL ▉

Loading...

domingo, 11 de abril de 2010

COMO PRODUZIR DOCUMENTÁRIO


Imagens de alguns trabalhos que realizei. Na foto, eu, cobrindo um evento na Inglaterra.
COMO COBRAR A PRODUÇÃO DE UM VÍDEO?
Geralmente essa é a primeira pergunta que o cliente faz ao solicitar um orçamento. Ele só pensou em ter um vídeo, mas não sabe como fazer. Mas quer saber o preço! Toda produção de vídeo envolve vários fatores e não existe uma tabela pronta. Algumas produtoras estabelecem um "pacote" que podem variar de R$ 800 a R$ 2.000 por minuto finalizado. Mas o ideal é uma conversa pessoal com o cliente para conhecer suas necessidades e vendermos a solução.
Algumas perguntas devem ser feitas. Por exemplo: Qual o tamanho da empresa? As locações serão nela ou também haverá externas? Haverá viagens? Terá apresentador, narrador, uso de atores, direção de cena, tomadas aéreas?

APESAR DE NÃO SER COMUM, O USO DA CLAQUETE FACILITA E MUITO NA PRODUÇÃO



COMO DETERMINAR O PREÇO FINAL DO VIDEO
Faça um briefing com um menú de opções para o seu cliente, sempre lembrando que o expertise é seu, não dele. Tenha sempre um bom redator para a criação do roteiro pois deixar isso por conta do cliente pode ser prejudicial a produção. Examine qual o público que o cliente deseja falar. Se for um vídeo de treinamento, normalmente não há limites de tempo, mas se for uma apresentação da empresa para prospecção de novos clientes, a duração normal deverá ser entre 4 e 7 minutos, tempo suficiente para o espectador não se dispersar e perder o interesse em assistir até o fim.
Algumas produtoras oferecem vários formatos de vídeo (DV, HDV, FullFrame, CineDigital) mas sugiro que faça do formato que você possa atender. Com excessão a exibição em canais de TV onde deve-se saber qual finalização é exigida. E jamais produza com mídias mortas, tipo S-Video. Parece engraçado, mas tem gente que ainda filma desse jeito.


O USO DE EQUIPAMENTOS ESPECIAIS INFLUENCIA NO CUSTO FINAL DA PRODUÇÃO. NA FOTO MEU FILHO ALEXANDRE

Haverá computação gráfica? lembre-se que este item impacta diretamente no custo final do vídeo, já que muitas vezes essa é uma produção feita por profissionais especializados e normalmente as produtoras terceirizam essas parte. Dependendo do grau de complexidade, uma CG pode custar de R$ 40 a R$ 500 o segundo. Sem exageros.
Estude seu cliente. Conheça o seu perfil. Muitas vezes um jovem empresário gosta de uma produção dinâmica e um de mais idade uma sequencia mais arrastada. Lembro uma vez que fui produzir um vídeo para uma funerária. O cliente queria 40 minutos de víddeo e nada tirava esse tempo da cabeça dele. Com se tratava de um senhor de mais de 70 anos de idade e fundador da empresa, achjava que entendia do negócio dele e do meu. Queria cenas longas do seu produto, caixões de todos os tipos e modelos, mostrar pausadamente o interior acolchoado dos mesmos, sua frota de Chrysler cor preta com o nome da funerária na porta. Mas o que mais me chamou a atenção era a sua exigência de mostrar seu cliente. O morto mesmo. Sendo vestido e maquiado com todo o carinho e dedicação, a colocação do corpo dentro do caixão e por aí vai. Ele iria instalar monitores e rodar esse vídeo dentro do seu ônibus que levaria a família para o cemitério. Lembro que fui visitar os bastidores da funerária e vi o "cliente" sendo vestido e maquiado. Como tinha feito autopsia, seu crânio foi aberto e parecia uma tampa de panela. Preferí não fechar esse vídeo.
Prazos de entrega urgênte também tem um custo maior pois demandam de menor tempo, maior planejamento e agendamento super ajustado da produção.
Uso de atores, apresentadores e narração em outros idiomas também oneram no valor final da produção. Geralmente esses itens são contratados pela produtora e somados ao produto final.
Custos de traslado, hospedagem e alimentação devem ser calculados se a locação acontecer numa distância maior de 50 km da produtora e o ideal é que isso faça parte do custo da produtora e não de responsabilidade do cliente pois o mesmo pode falhar com questões de horários, tipo de veículo, etc.
A complexidade do roteiro a ser produzido deve ser avaliado nos mínimos detalhes pois a soma de todas as informações contidas nele pode ser onerosa, trabalhosa e significar horas de produção. É o caso do roteiro contemplar o uso de crianças ou animais, depender de uma condição climática específica, por do sol e coisas desse tipo.
Um projeto desorganizado pode custar muitas vezes o dobro do que um bem mensurado e planejado. Mesmo simples roteiros podem demandar custos elevados se não forem bem equacionados. A organização é fundamental para se economizar dinheiro e dar um bom retorno ao seu cliente.

COMO FAZER PARA CLIENTES ORÇAREM COM SUA PRODUTORA?
Os canais de divulgação de um negócio nunca foram tão acessíveis quanto são hoje em dia. Sem gastar praticamente nada você pode aparecer para seu cliente. Um portfolio bem apresentado num canal do Youtube, por exemplo, pode alavancar seus negócios de uma forma impressionante. Claro que para isso você deve ter credenciais e bons atributos para apresentar. Uso de sites gratuitos, blogues e até o Orkut são ferramentas poderosas se forem bem administradas.

ALTERAÇÃO NOS CUSTOS DE PRODUÇÃO
A transparência em toda negociação é o melhor caminho para se seguir. Muitas vezes, depois do orçamento fechado e a produção em andamento, alguns custos podem aumentar no decorrer do projeto. Mostre para seu cliente que 2+2 = 4 e não 1 ou 5. Alguns concorrentes colocam seus preços lá em baixo e vão subindo aos poucos só para pegarem o serviço. Além de anti-ético, é desonesto. Combine por escrito toda negociação, como preços, prazos de entrega, formas de pagamento e outros fatores que posam influir no acerto final.

COMO COMEÇO A PRODUÇÃO?
Podemos dizer que a produção possui tres etapas: a pré-produção (reunião com o cliente, visitas técnicas, produção do roteiro), a produção (gravação das cenas) e a pós-produção (edição das imagens e finalização do vídeo). Os detalhes fazem a grande diferença, portanto, olho neles. Um roteiro bem produzido e acompanhado pelo cliente evitará que no meio do percurso algo falte e se tenha que mexer no material. Assim que tudo estiver bem afinado e aprovado, aí vem a melhor parte, pelo menos para mim: Luz, camêra e ação!

Assista a uma produção nossa feita para uma empresa de laticínios

...

● Quem está aqui agora

● Estamos chegando a 2 milhões de acessos!

Twitter Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Download from Blog Template