MATÉRIAS

▉ O PONTO DE ENCONTRO DOS CINEMATOGRAFISTAS DO BRASIL ▉

Loading...

terça-feira, 27 de abril de 2010

SONY HVR Z7 - CONFIGURAÇÕES

Porte elegante, pegada ergonomica. Eficiência e opções em multimídia.

APRESENTAÇÃO
A filmadora Sony HVR Z7 é o primeiro modêlo da fábrica a produzir um equipamento com lente intercambiável, em que você pode retirá-la e colocar outra com recursos diferentes. A grande angular (VLC 308BMH) dá um wide digno de cinema. O preço da lente é salgado, mas pode-se fazer um vídeo todo aparentando imagem de película (iremos falar sobre isso mais a frente). As lentes da câmera fotográfica Sony, da linha Alpha são facilmente encaixadas e reconhecidas pela Z7, dando um poder de fogo imbatível desse modelo em relação as outras.


A Sony Z7 foi produzida para videomakers que possuem focos de trabalhos diferentes mas com necessidades em comum. É o meu caso em que trabalho com vídeo não importando o que seja (claro que assuntos tabús como algumas religiões e pornografia não me interessam - por dinheiro nenhum), então minha necessidade pede dinâmica para a gravação de um casamento até uma demanda corporativa em outro país, onde preciso de recursos avançados e de equipamento compacto para transporte. E é dessa forma que foi eleita a câmera de trabalho da produtora Memory Brasil. Boa pegada, bom equilíbrio de peso, sem falar nos recursos acessíveis nas pontas do dedo. A Z7 ainda tem 5 botões que poderão ser configurados para qualquer item do menu. No meu caso escolhi, em três, ajustes de foco manual, backlight e color bars. O LCD possui qualidade 4 vezes superior que sua antecessora, a Z1, facilitando e muito no ajuste de foco. O viewfinder, colorido, pode ser configurado para visualização em preto e branco. Na lateral a Z7 possui um botão de check-up que mostra todas as configurações que estão valendo naquele momento da gravação, o que é muito útil durante a produção de uma externa onde as configurações vão sendo alteradas de acordo com cada locação. A bateria usada é a mesma da Z1, Z5, V1 e PD170, uma sacada boa da Sony, assim quem faz upgrade de equipamento não precisa ficar investindo em novos modêlos de baterias. Outra inovação desta câmera é a dupla sapata de encaixe de acessórios, uma na frente e outra na extremidade traseira da alça. Ideal para quem usa iluminador portátil mas também necessita de fixar um microfone sem fio. No caso das antigas PD, o receptor do microfone tinha que ficar preso na alça de mão, estragando o material (de couro) devido a presilha de ferro.


De boa pegada, a Z7 incorpora vários botões de acesso rápido as configurações


Um novo design de anel de foco foi incorporado e que fornecem dois tipos de ajustes, manual e auto focus. Para trocá-los basta empurrar o anel para frente ou para trás. Aliás, uma reclamação comum aos usuários da Z7 é sobre o foco. Muitos dizem que ele é muito ruim, desfoca facilmente, etc. Uma informação totalmente errada. É um dos focos de câmera mais sensíveis que já conheci. Quando a câmera é nova ou a lente é retirada, deve-se fazer um ajuste automático de lentes junto com um cartão de gabarito que acompanha o modelo. Depois desse ajuste a câmera confere a cena um ajuste de foco muito rápido e preciso, a tal ponto de, se estiver no automático e o cinegrafista estiver filmando um casal, ao deslocar a câmera de uma pessoa para a outra, ela imediatamente reconhece a profundidade de campo entre as duas pessoas e busca o foco de fundo, causando aquelas desfocagens indesejadas. Por isso é importante presetar um dos botões laterais para ajuste manual, assim nestes momentos basta aplicar o foco manual que estará tudo resolvido.
Tabela de teste para ajuste de comprimento focal. Imprima no tamanho A4.


AJUSTANDO O FOCO DA Z7
1. Coloque o filtro ND em 1 para ajustar o brilho de modo que o nível apropriado do vídeo seja obtido.


2. Coloque a tabela de teste do ajuste de comprimento focal Flange (da foto acima) a cerca de 2-3 metros de distancia na frente da camera (Utilize uma mesa comprida). Use o zoom da camera para centralizar a tabela na tela. A tabela tem que estar toda enquadrada na tela da sua filmadora.


3. Coloque a chave Zoom em servo (aquele botão em baixo da lente e da camera).


4. Selecione [AUTO AJUSTE] em [FLANGE BAK] no menú (vá em camera set. Está lá).


5. Selecione [YES] com o dial SEL/PUSH EXEC (o botão fica em baixo do lado esquerdo da camera).


O ajuste do comprimento de foco se inicia e a palavra [EXECUTING] aparece na tela. A camera começa a se programar sozinha. Não mexa em nada! Quando terminar, ela mostra a informação [COMPLETED] na tela. Caso o ajuste falhar [COULD NOT ADJUST] aparecerá na tela. Tente ajustar novamente.


Pronto. Sua câmera estará ajustada à lente perfeitamente. Caso for trocar ou tirar a lente, novo ajuste deve ser feito.


Cartão CF Kingstone. 16Gb e 32GB são o ideal para a Z7


Não adianta, o cartão CF é ainda o melhor custo-benefício. São baratos, de alto desempenho e confiabilidade. Em DV a câmera gera arquivos na extensão avi e em HDV em m2t. E a vantagem é o acesso a leitores de cartões baratos. Eu comprei um leitor "chinguilim" por 40 reais e em menos de 16 minutos 2h20m de imagens foram transferidas para o PC. A capacidade ideal de tamanho de CF são os de 16Gb. Cabem 1h12m de imagens. Os de 32Gb são ideais para longas gravações contínuas, tipo shows ou palestras. Eu utilizo deste tamanho na câmera que fica instalada na grua, assim a autonomia de gravação é maior e não requer que se baixe a grua para a troca.


Mas nem tudo são flores. Ao mesmo tempo que a tecnologia de gravação em cartão é a oitava maravilha do mundo, entre dar tudo certo e se perder tudo existe uma distância micrométrica. Explico: Ao se gravar com cartão jamais você deve deixar a carga da bateria terminar e desligar a câmera de repente. isso pode ser fatal para o cartão que, corrompido, simplesmente se perderá todo o conteúdo. Ao aparecer o aviso de bateria fraca, desligue imediatamente a câmera e troque a bateria. Outro problema surgiu comigo. Sempre usei umas baterias genéricas que foram feitas para a linha Sony. Elas rendem incríveis 8 horas de uso contínuo de gravação e nunca me deram problemas pois eu as usava nas minhas antigas PD170. Mas já é a segunda vez que no disparar de um flash de fotografia (ou uma pura coincidência) um aviso no LCD surge informando que a bateria usada não é original e em seguida a câmera é desligada. Graças a Deus nas duas vezes eu estava usando fita, assim foi só religá-la (com a mesma bateria genérica) e prosseguir a gravação normalmente. Dá pra entender?


A Unidade de Gravação de Memória CF acompanha o kit básico da Sony Z7


RECURSOS ESPECIAIS PARA SUAS FILMAGENS
A Sony HVR Z7 tem alguns recursos interessantes que podem dar um grande diferencial a sua produção.


1. Atalhos - No corpo lateral existem botões que podem ser configurados a seu gosto. Minha sugestão, conforme já mencionei, é usar o back light no 1, acesso rápido ao foco manual no 2 e aplicação de collor bars no botão 3. O caminho é:
menu_others_assign btn


2. Efeito Smoth slow rec - Possibilita a gravação em slow motion de uma forma precisa e detalhada de cena. A duração em real time varia de 3, 6 e 12 segundos. A imagem é gravada na memória interna da câmera (é isso mesmo. A Z7 tem um mini-HD) que depois de processada é gravada no cartão ou fita. Quanto maior o tempo de processamento, menor é a qualidade de imagem. Sugiro que use sempre 3 segundos. O resultado são belíssimas tomadas de slow motion onde o que vale é a criatividade. O caminho é:
menu_camera set_smoth slow rec_3sec_6sec_12sc

3. Ajuste da temperatura de cor - Aqui você pode definir o ajuste de temperatura de acordo com sua produção. Cenas mais quentes para tomadas de início de dia e cenas frias para entardecer.



O caminho é:
menu_camera set_wb temp set


4. Intervalos de gravação - Esse é o meu favorito, um recurso fantástico para cenas em que se deseja mostrar longas transformações em poucos segundos, tais como movimento do céu e núvens, obras e estruturas sendo montadas ou desmontadas, pôr-do-sol, etc. Você programa de quanto em quanto tempo você quer que a cena seja gravada e a câmera faz tudo sozinha. Liga, grava (ex: 3 segundos), pausa e desliga (stand-by de 1 minutos) e volta a fazer tudo denovo. O caminho é:


menu_camera set_interval rec_30segundos/1minutos/5minutos/10minutos


5. Perfil de fotografia (profile picture PP) - São duas opções de ajustes pessoais (PP1 e PP2) e três pré-ajustados (PP3, PP4 e PP5). Com esses recursos você consegue ter imagens que imitam a película de cinema, ou tons mais coloridos, mais frios, ou mesmo de um ajuste pessoal seu. Os presets Cinematone simulam imagem de cinema com alto contraste, alteração de temperatura de cor, gamma, etc. Este recurso é extraordinário para videomakers que pretendem produzir curtas e filmes, pois o resultado final é muito atraente.


O ITU709 são valores de parâmetros para os padrões HDTV para produção de vídeos com intercâmbio de programas internacionais.


Nos ajustes pessoais PP1 e PP2 você pode mexer a gosto. deste a temperatura de cor, gamma, branco, preto, tom de pele, etc. Existem algumas produtoras que definem um padrão pessoal e utilizam somente aquele, assim ficam com um tom de imagem personalizados para suas produções. O Botão de acesso fca na lateral esquerda traseira da câmera, abaixo da logo HDV. Para maiores informações e ajustes de PP, acesse nosso tópico: http://kekosinclair.blogspot.com/2010/10/tirando-ruidos-da-sony-z7.html


O caminho é:
Profile Picture (botão na câmera)_PP1_settings


6. extração de cor (Color extract) - Outro recurso interessante é esse que a Z7 trás com enorme facilidade. Basta você apontar, por exemplo, para as rosas vermelhas do buquê da noiva. Presetar a câmera e a partir daquele momento ela só gravará as cores vermelhas do buquê. Todas as outras cores da cena ficarão em preto e branco. O mesmo se fizer com uma cor amarela, por exemplo, e for filmar o trânsito. Somente os carros que forem amarelos aparecerào com a cor. Todo o restante das cenas ficarào em preto e branco. Aí vale a criatividade.


O caminho é:
Profile Picture (botão na câmera)_PP1_settings_collor corretc_color extract (aponte p/a cor)_OK




CONFIGURAÇÕES DO MÓDULO DE GRAVAÇÃO


MENU >
SETTING >
CAMLINK SEL >
SYNCHRO.


Configuração na câmera

MENU >
IN/OUT REC >
EXT REC CTRL >
REC CTL MODE >
SYNCHRONOUS.


Pronto. Desta forma você grava tanto na fita quanto no cartão, só na fita, só no cartão.

No LCD ficará piscando quando não tiver fita. Caso esse ícone piscando lhe incomode, você pode desligar. Porém se for tirar, saiba que a gravação em fita fica desabilitada. Quando resolver gravar com fita, terá que lembrar o passo a passo no menu e ativá-la novamente.

Vá em



CTL MODE -> 
EXT ONLY. 


Você está informando a camera que quer que ela grave apenas no gravador externo de CF.


CONCLUSÃO
Saiba que raramente alguém domina 100% os recursos de um equipamento e que, necessariamente, você não precisa dominá-los. Os cinegrafistas mais renomados precisam apenas de um botão de REC para apertar e um anel de foco para girar. O importante é buscar em cada cena a sua própria essência, que é criada e maturada pelo seu modo de ver a vida, o que você lê, pratica, conhece e se espelha. Esse é o diferencial de cada um, ou o Parnassah (hebraico) que é aquele dom especial que Deus te dá e que ninguém te tira. Até que tentam copiar, mas sempre serão "chinguelingues"


Espero que tenha gostado. Um abraço a todos!


VT totalmente produzido com a filmadora Sony HVR-Z7 pela Memory Brasil


TODAS AS MATÉRIAS, ASSUNTOS, TEXTOS E FOTOS SÃO DE AUTORIA E PROPRIEDADE DE KEKO SINCLAIR. VOCÊ PODE COPIAR PARTE OU TODO UM CONTEÚDO MANTENDO SEMPRE A FONTE DE CITAÇÃO DO AUTOR E DO SITE.


...

● Quem está aqui agora

● Estamos chegando a 2 milhões de acessos!

Twitter Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Download from Blog Template