MATÉRIAS

▉ O PONTO DE ENCONTRO DOS CINEMATOGRAFISTAS DO BRASIL ▉

Loading...

sábado, 26 de março de 2011

OS ELEMENTOS-CHAVE DA PRODUÇÃO DE CASAMENTO

Cinegrafista de casamento não deve ser um mero "filmador". Deve ser um bom contador de histórias
Somos mágicos
Cinegrafistas de casamento têm um pouco de magia em seu sangue: Existe o “pulo-do-gato” inserido no negócio que não devemos ficar contando por aí. Afinal a concorrência não quer criar. É mais fácil copiar. Vou quebrar esta regra e dar mais umas dicas para você que precisa saber como gravar um casamento de forma profissional. 

Minha história
Uns bons anos atrás, quando comecei a gravar casamento como hobbie, tive a feliz oportunidade de estar trabalhando em TV e cercado pelos mais competentes produtores, editores e jornalistas do mercado. Lembro que peguei diversas informações de cada um para gravar meu primeiro casamento, cada um deles colocando dentro de um evento tão pessoal a sua visão profissional e expertise de TV. Meu primeiro trabalho foi um sucesso. Faz anos mas até hoje quando encontro o casal eles dizem que se emocionam e que o filme está sempre atual.
De lá pra cá busquei sempre estar à frente de todos e cada vez que vejo aqui em minha cidade um videomaker copiando algo meu, em vez de ficar “pau da vida”, me orgulho de saber que tenho seguidores. Isso acaba sendo um “tiro no próprio pé”. Meu concorrente, coladinho a minha produtora, me copia e acaba disputando meus clientes. Descobri, por acaso, que tem blog me copiando e usando partes de meu texto ou a idéia principal, o enredo....

...mas tem mais Deus pra dar do que o diabo pra tirar.

Ética e profissionalismo
Seja profissional e ético. Se for trabalhar para um amigo, não faça o vídeo como um presente de casamento. Sendo você um profissional e dominando seu conhecimento, cobre um preço justo. Mas cobre. E desconto em nosso ramo significa dizer ao seu cliente: “... É, eu não sou muito bom e meu trabalho não vale o preço que cobro. Te dou um desconto...”.
Desconto é algo que não existe neste ramo. Existe sim uma compensação. Em vez de desconto, dê um implemento a mais na edição, mais um DVD, etc.
Essa é Dica do Blog do Keko!

A gravação de um vídeo de casamento vai ocupar todo o seu tempo durante a cerimônia de casamento e recepção. Ainda assim, você é uma parte essencial da festa de casamento e é seu trabalho capturar toda a essência do evento, e os detalhes farão a grande diferença. Saiba que você tem uma grande responsabilidade sob re seus ombros.

Mergulhando no trabalho
Um vídeo de casamento conta a história de uma pessoa escolher outra e passar o resto de suas vidas juntos. Com um briefing desses nas mãos, o potencial para contar uma grande história de amor está a seu favor. Mas para isso é importante lembrar alguns princípios importantes de uma narrativa e juntar a isso a particularidade de cada casal. Apesar de cada cliente que bate a porta de uma produtora saber muito um sobre o outro, quem irá assistir futuramente, quer sejam familiares, filhos que virão,amigos, todos querem saber mais sobre o casal. Incluindo elementos sobre as suas vidas não só dará uma visão de quem eles são, mas vai criar uma história exclusiva, personalizada. Pegar algumas informações do seu cliente será muito importante. Lembre-se, você está capturando um momento no tempo. O fornecimento de informações, como hobbies e realizações, permitirá o expectador a experimentar realmente o que o casal é a nível pessoal.
Não se esqueça de incluir elementos de outras histórias como a história de fundo, e com abundância de detalhes.
Grandes histórias levam tempo, prática e dedicação ao projeto. Não é algo fácil de se fazer, mas é prazeroso e altamente lucrativo, tirando sua produtora de casamentos da mesmice que se encontram a maioria dos videomakers, que só querem filmar e editar o basicão e ficar reclamando que não conseguem cobrar um preço “justo” por seu trabalho.


Os Elementos-chave
Produzir um bom vídeo de casamento requer criatividade, capacidade técnica e algumas doses de sorte. Problemas podem aparecer na hora da gravação, mas conseguimos sempre resolver se chegarmos com uma margem de tempo para resolvê-los. A dose de sorte fica para o desempenho de nossos “atores”, o casal, que dará o tom e o ritmo das gravações. Então o maior desafio acaba sendo como surpreender o casal com uma bela produção em vídeo. E não é difícil de fazer. A melhor maneira é voltar aos princípios básicos de uma boa história contada.


Existem 5 elementos-chave para toda boa história, tanto em mega produções de cinema, pequenos curtas-metragens ou na mais simples filmagem de casamento. Então passe a considerar esses elementos em sua próxima gravação e verá que todos os casamentos são simplesmente iguais. O que muda é a nossa organização na cobertura do evento. E um pouquinho de pesquisa sobre seus novos clientes.

1. Ambiente
Esse é o local onde a história acontece, tanto na igreja quanto no cerimonial. Procure fazer diversos takes para estabelecer a definição na cabeça do espectador. Mostrar o local, dentro e fora. Use alguns ângulos interessantes e aproveite a luz em diferentes horários do dia. Chegando bem cedo ao local, você pode fixar à câmera em um tripé e gravar uns 40 minutos contínuos de imagem e depois aplicar time remapping a cena. Tudo vai passar rápido, o céu, as pessoas, mas a igreja vai ficar lá, estática. Isto é um dos sentimentos de locação. Outro exemplo, se o casamento for realizado dentro de uma igreja que tem tetos de catedral e vitrais coloridos, certifique-se de fazer alguns takes da janela do lado de fora e também a luz colorida penetrando no interior.
Se o casamento for ao ar livre, registre tudo a sua volta, a mata, o mar, a praia, algum tipo de construção ou tenda, etc. Antecipe a expectativa de seu expectador mostrando a ele pequenas tomadas do local para ele imaginar como vai ficar logo em seguida ao chegar os convidados.


2. Personagens
É a pessoa ou pessoas cuja história você está dizendo. Em um casamento, é claro, seus personagens principais são os noivos. Saiba mais sobre cada um de seus personagens, antes de começar a filmar. Incluir elementos sobre a sua vida vai ajudar o público a conhecê-los melhor. Neste caso inclua algo que você percebeu ao longo de seu contato com eles, fique atento a detalhes. Por exemplo, durante o making of você observou que a noiva é vidrada em seu vestido ou seu sapato branco. Ou está muito nervosa, ou até calma demais. Valorize isso na cena. O noivo tem uma preocupação enorme com o horário, não desgruda os olhos do relógio. Inserir qualquer coisa que possa ajudar o público a sentir como eles se sentem naquele instante coloca todos no mesmo nível pessoal e emocional. A diferença de uma boa produção final e de um cinegrafista para o outro é o feeling de cada um. Isso faz toda diferença na hora de vender o seu produto ao jovem casal que vai assistir ao mostruário. Se eles se emocionarem com o casamento de um estranho, seu produto já está vendido para eles.


3. Flashback (História passada)
O que culminou na história de ambos que agora vai terminar em casamento? O que os dois fizeram para estarem ali hoje, preparando os detalhes de uma grande festa? Aconteceu algum fato relevante que serviram para moldá-los ao que eles são hoje? Houve alguém - a família ou amigos - que teve uma influência particularmente grande nas suas vidas? Como eles se conheceram? Como eles se apaixonaram? 

Legal, mas como vou usar isso na filmagem de casamento? Você pode fazer uma pequena entrevista do casal, separados, depois juntos e entrelaçar seus comentários e opiniões onde um completa a resposta do outro. Esta parte deve ser curta, apenas introdutória, cobrindo parte das falas com fotos de momentos especiais vividos pelo casal, ou mesmo fotos de crianças quando a relação com algum parente foi determinante para moldar sua personalidade. Neste momento você está envolvendo seu público para o filme que se chama “Casal feliz”. 


4. Ambientação
Os acontecimentos na história levam a um efeito emocional ou tema geral. Esse conjunto todo, gravação de depoimentos, filmagem da cerimônia e festa, tudo que você gravou, este é o lugar onde você dá o tom da história e direção. Você terá que encontrar uma maneira de unir todos os outros elementos da história em conjunto, para formar o "enredo". Pode-se usar a voz em “off” capturadas a partir de entrevistas e inserir em algum momento específico. Isso pode ser uma forma eficaz para levar a história adiante. A história deve culminar em uma grande recompensa. No caso de um casamento, é o expectador perceber que viu mais do que um casamento, viu uma história de vida. Pronto, você acabou de fazer a ambientação do filme.


5. Detalhes
Esse é o grande mote que você está transmitindo. Os detalhes buscam a emoção no seu limite máximo e que irão intermediar cada cena, cada momento registrado. Aqui vale o feeling do cinegrafista, pois agora é você que vai mostrar porque este dia está sendo tão especial para o casal. Certifique-se de incluir todos os elementos importantes do casamento. Alguns dos destaques que você não pode perder são: a noiva e o noivo se arrumando, a cerimônia em si com troca de alianças, jogos de olhares, lágrimas, o primeiro beijo depois de casados, o novo casal passando pelo corredor da igreja, o corte do bolo, a primeira dança, jogando o buquê, brindes e tudo o mais que a noiva e o noivo gostariam que você registrasse. Ah, sim, isso você já faz? Faça diferente, trabalhe com closes, big closes, detalhes, chicotes de cenas...
Não deixe de aproveitar a sequencia de fotos que o fotógrafo faz com os familiares e registre cada detalhe, não como uma foto, mas com o dinamismo de quem está com uma filmadora nas mãos.

Conclusão
Como um cinegrafista de casamento, seu trabalho é contar a história da noiva e do noivo de uma forma que vai ser divertido e atraente para eles, seus familiares e amigos. A maneira de fazer isto é contar uma história que vai agarrar sua atenção, fazê-los rir e também chorar de emoção.
Lembre-se, filmar um casamento não é apenas registrar um evento. É muito mais. É criar a página de abertura de um novo livro que conta a história de um dia muito especial, um novo começo de vida do futuro casal. Como uma semente que se planta em terra boa, seu trabalho deve ser plantado e germinado na vida de seu cliente. Saiba que eles um dia terão filhos, amigos irão se casar, suas empresas precisarão de produções em vídeo e se seu trabalho for fértil, gerará mais negócios e consequentemente, mais qualidade de vida para você.
Em casamento não somos cinegrafistas. Como um bom filme escrito, somos contadores de história, e só o bom contador leva o prêmio máximo, o Oscar, que para nós representa o elogio daqueles que damos a sensação de que sua história é especial e única.

Sucesso em sua próxima filmagem!

O Formato Trailer de cinema dá um gostinho ao casal do que será sua produção!

● Quem está aqui agora

● Estamos chegando a 2 milhões de acessos!

Twitter Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Download from Blog Template