MATÉRIAS

▉ O PONTO DE ENCONTRO DOS CINEMATOGRAFISTAS DO BRASIL ▉

Loading...

domingo, 1 de agosto de 2010

FAÇA CINEMA


Canon 5D Mark II - A preferida para gravação de imagens em Full Frame.

Há pouco tempo atrás gravar com resolução de cinema era praticamente inviavel para produtoras de pequeno porte. Câmeras da linha Panavision, beirando os U$ 500.000 no modelo básico sempre foi papo para Hollywood. Fora custos com lentes, suportes, o filme em sí e a revelação.

A Canon era a lider do mercado neste segmendo. Agora a Sony contra-ataca.

O sonho de se fazer um produto final com textura de película a partir da captação foi se tornando realidade com a descoberta das câmeras fotográficas D-SLR Canon, da linha “D Mark”, da nova Handycam Sony NEX-VG10 e dos adaptadores de 35mm para filmadoras da linha consumer. E o que era exclusivo de grandes produções passou a ser acessível a nós, simples mortais. Hoje o xodó dos videomakers e produtores de curtas é a Canon 5D Mark II que, além de fotografar, filma com qualidade full (1080p a 30fps) com 21 Megapixels. Por trabalhar com lentes e objetivas o campo de profundidade é regulado manualmente dando o aspecto de cinema. Claro que só isso não resolve, já que para uma bela produção deve-se contar com iluminação adequada, lente certa para a cena certa, locação, etc.

Sony NEX-VG10. Uma handycam com adaptador 35mm. Coisa de cinema.

Outra possibilidade de se gravar como cinema são os adaptadores 35mm para filmadoras. Existem muitas marcas no mercado mas a que eu indico e que em breve farei um Test Motion aqui é a LETUS, única no mercado que faz o registro como as outras, de cabeça para baixo, mas que corrige em seguida evitando que se tenha que virar a imagem posteriormente na edição. O resultado será tão bom e gratificante quanto gravar com a Canon, principalmente se a filmadora for fullHD. O adaptador LETUS nada mais é que uma caixa que se acopla a frente de uma câmera e na outra extremidade uma lente fotográfica. Ela produz o efeito de profundidade de campo, projeta essa imagem dentro da caixa e a filmadora nada mais faz do que gravar essa projeção. É como se filmássemos uma projeção dentro do cinema.

LETUS 35mm. O melhor adaptador do mercado com um custo razoável: R$ 7 mil reais.

Tanto a Canon quanto a LETUS devem ser bem avaliadas ao se pensar em adquirí-los. A não ser que você tenha dinheiro escorrendo pelo ladrão e compre por paixão. Comercialmente, deve-se avaliar primeiramente seu mercado ou o que estes equipamentos poderão proporcionar de retorno financeiro. Tanto a Canon quanto a LETUS precisam de todo um aparato para uso. Suportes especiais, monitores, tecnicas de gravação e um novo personagem nas produções: o foquista, um profissional que até então era de uso exclusivo em cinema e agora é requisitado nas produções mais simples. Como nesse tipo de gravação tudo é feito no manual, fica praticamente impossível o operador de câmera fazer o seu papel e ainda se preocupar com o foco. Até porque num simples movimento de cabeça ou de corpo de quem está na cena já é suficiente para se sair do foco.


LETUS 35mm encaixada a Sony HVR Z7. Pra quem quer rodar um filme essa é a dupla perfeita.

Quem acompanhou a novela Passione da Rede Globo pode ver o resultado extraordinário obtido pelo adaptador 35mm nas cenas externas gravadas na Itália. Aliás, é a primeira novela brasileira a contratar um colorista, profissional que se preocupa com os tons de cores de cada cena. Notem nas cores de cenas feitas na terra de Totó e nas de Beth Gouvea. Bem diferentes umas das outras. Mas isso é assunto para outra hora.
Aqui na minha cidade já tem alguns videomakers que adquiriram a Canon 5D e 7D Mark para registrar casamentos. Infelizmente investem alto no equipamento mas não cobram mais por isso, vulgarizando esse tipo de captação que não é um simples registro, mas sim uma poesia visual. Cada um faz o que quer mas, na minha humilde opinião, essa seria uma boa maneira de obter um diferencial tanto em produção quanto em postura profissional. É o que faz o fotógrafo e ex-apresentador do Shoptime, Pepe Figueroa, que grava casamentos com uma 7D Mark II, registrando momentos de todo o evento e entregando ao cliente um HighLights, ou Melhores Momentos, cobrando bem por isso e não se “matando” para registrar todo o evento como normalmente se faz numa gravação comum. Esse usa a cabeça!
Para turbinar sua produção cinematográfica, o steadicam é imbatível
Para ilustrar essa postagem e facilitar a abordagem deste assunto, coloco aqui alguns links para que os interessados possam conhecer os resultados obtidos com os equipamentos citados nesta matéria. Espero colaborar com os amantes das imagens que, assim como eu, buscam incessantemente a cena perfeita!
...

Fotógrafo e Videomaker Pepe Figueroa que grava casamentos com uma 7D Mark II.

Vídeo mostrando a qualidade excepcional da Handycam Sony NEX-VG10

Uma amostra de cenas de casamento gravadas com a 5D Mark II

Imagem de filmadora registrando imagens com a LETUS 35 mm
...

● Quem está aqui agora

● Estamos chegando a 2 milhões de acessos!

Twitter Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Download from Blog Template