MATÉRIAS

▉ O PONTO DE ENCONTRO DOS CINEMATOGRAFISTAS DO BRASIL ▉

Loading...

domingo, 1 de agosto de 2010

ADAPTADOR LETUS ELITE


LETUS com lente Nikon Tele 24-120 acoplada a uma Sony Z7 com suporte de trilhos

Pra quem quer pegar seu passaporte rumo às produções cinematográficas, a incrível maravilha do século 21: Letus Elite. Um show de imagens e você num outro patamar. Vai encarar ou vai correr?

Kit Letus montado na Sony Z7 e com lente objetiva da Nikon AF. O conjunto todo passou a pesar 6 Kg.

Depois de um tempo de pesquisa decidi adquirir o kit Letus Elite, que inclui o adaptador, que é a caixa preta que faz a projeção da imagem para a câmera gravar, o suporte trail onde são fixados a câmera, o adaptador e a lente fotográfica, e o anel adaptador (onde você escolhe a opção de uso com as lentes da Nikon ou Canon). Antes de comprar o equipamento é importante você saber em qual câmera vai acoplar, pois o Letus é vendido de acordo com o tamanho da lente da filmadora. No meu caso eu comprei a de 72 mm pois será usada em uma Sony Z7 e NX5.



Na foto parece mais uma bazuca do que uma câmera. Mas é cinema purinho.

A decisão em comprar um Letus em vez da Canon 5D Mark foi simples. Poder ter um investimento menor no conjunto todo, conseguir maior autonomia nas gravações e ter um equipamento durável, sem preocupação com vida útil. O kit completo do Letus com os acessórios e lentes ficam na faixa de uns 12 mil reais, enquanto que com a Canon o gasto beira os 20 mil. A Canon 5D suporta gravações contínuas de até 6 minutos e precisa de algumas pausas para esfriar o sensor, que aquece a altas temperaturas chegando ao extremo de ter que largar a câmera. Já com a filmadora não existe essa limitação. Sem falar que as máquinas fotográficas possuem tempo de vida medidas em números de clicks. No caso de gravação contínua o cmos da 5D vai sendo consumido e em uso profissional sua longevidade pode chegar apenas a um ano de vida. Na filmadora não.

As imagens obtidas são sensacionais e colocam sua produtora em outro nível: fazendo filme de verdade.

Com um pouco de treino e cuidado consegue-se montar o kit Letus em 5 minutos. Com trata-se de um equipamento com roscas e parafusos, tudo deve ser checado, apertado e conferido, pois uma queda de parte ou todo o conjunto pode ser fatal para todo o aparelho. Só o adaptador, que é todo de ferro, pesa quase 3 kilos. Nele está o conjunto optico, o motor de vibração, a lente difusa e ainda um par de pilhas AA que alimentam o sistema. O processo de montagem é simples. Primeiro tira-se o parassol da filmadora, enrosca-se o anel na frente como se fosse uma lente extra na câmera e logo em seguida se rosqueia o adaptador Letus. Junto vai se colocando o suporte trail para não estragar a rosca da lente e coloca-se tudo fixado a um tripé robusto. Depois de tudo preso, aí sim iremos encaixar o adaptador de lente Nikon e a lente em si. Pronto, já podemos pensar em gravar.


O conjunto todo, montado, pesa quase uns 6 kilos, necessitando de um tripé mais robusto.

Quando for comprar o kit, o fabricante disponibiliza três tipos de anéis adaptadores para encaixar as lentes. Adaptadores para as lentes Letus, Nikon e Canon. Minha sugestão é que você compre o anel para lentes Nikon. E explico: As lentes Letus são caríssimas e você fica preso ao fabricante. As lentes Canon, de tecnologia de vanguarda, possuem alguns recursos que são dispensáveis quando for usar no Letus, mas que estarão embutidas como recursos na lente e que você terá que pagar por isso. É o caso do Auto Focus, presente em 100% das lentes Canon e onde no Letus, obrigatóriamente, deve ser com foco manual. E essa simplicidade você encontrará facilmente nas lentes Nikon, principalmente nas mais antigas onde os fotógrafos já nem usam mais, tornando as mesmas extremamente baratas e super acessíveis. Só para se ter uma idéia, Uma lente Letus é a partir de US 1000, uma Canon a partir de U$ 700, enquanto uma Nikon você encontra por U$ 50 ou até por R$ 300,00 no Mercado Livre. Então lembre-se sempre. Todo o acesso a recursos da lente devem estar no corpo da lente, e não através do comando da máquina fotográfica. Ali é tudo na mão e o Letus não comanda nada, só registra a imagem que a lente captura.

Apesar da imponência da lente Nikon, ela não é a ideal para ser usada no Letus por ser AF. Use lentes apenas com Foco Manual.

Outro detalhe importante é a luminosidade da lente. A partir de 3.0 as lentes começam a ser escuras, necessitando de muita luz. O ideal é adquirir abaixo disso. Com 3 conjuntos de lente, uma básica, uma grande angular e uma tele, você já estará preparado para gravar um curta, um longa, um comercial com cara de película e até uma super-produção. Coloco aqui sugestão de algumas lentes da Nikon que poderão ser usadas junto com o Adaptador Letus 35mm:


Letus 35mm
=
lentes Nikon 24mm 1:2.8

Nikon 50mm 1: 1.4

Nikon 85mm 1:2

Nikon 105mm 1:2.8


Se seu mercado é exclusivamente social, como cinegrafista de casamentos, aniversários e festas, esqueça tudo isso. Filmar com Letus exige cena e luz controlada, mais de um operador para a câmera e técnica, muita técnica. Não há espaço para aventureiros. E sugiro mais. Quer ficar fera nessse mercado? faça um curso avançado em fotografia, pois a linguagem toda se voltará para este tipo de enquadramento, uso de fotômetro, distância focal, etc.

Um prazer indescritível ao conferir as imagens gravadas com a LETUS. Só quem vê é que sabe!
Mas vale a pena o investimento no equipamento e no conhecimento. Produções básicas como um institucional, se forem feitas em equipamento padrão, ficam na faixa de 2 a 3 mil reais. Já com o recurso cinematográfico, comece a vislumbrar orçamentos acima dos 12 mil reais.
É um sonho, dos mais reais, dos mais rentáveis e do mais alto prazer!

Vídeo que fiz com a Sony Z7, Letus Elite e conjunto de lentes Nikon.






...

● Quem está aqui agora

● Estamos chegando a 2 milhões de acessos!

Twitter Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Download from Blog Template